Botao share

segunda-feira, 9 de março de 2015

Para conhecimento dos meus seguidores e internautas disponibilizo a nota do secretário nacional de Finanças do PT, João Vaccari Neto, sobre o polêmico empréstimo pessoal:

"O secretário nacional de Finanças do PT gostaria de esclarecer o seguinte a respeito das questões enviadas:

Conforme já registrado em notas oficiais divulgadas para a imprensa, João Vaccari Neto e Cláudio Mente são amigos há vários anos.

Em 2008, Vaccari e sua esposa compraram uma casa nova e contavam com a venda da casa em que moravam para completar seu pagamento. Essa venda, no entanto, demorou mais do que o previsto, e eles precisaram pedir um empréstimo. Esse empréstimo foi solicitado a Mente, com o objetivo de quitar a compra do novo imóvel.

O empréstimo foi feito por uma empresa de Cláudio Mente.

Assim que a venda da casa antiga foi efetivada, o empréstimo foi quitado.

Essa transação foi devidamente declarada no Imposto de Renda conjunto do casal, onde constam tanto o empréstimo em 2008 quanto sua quitação em 2009. Além disso, a legalidade da operação pode ser confirmada pelo fato de toda ela ter sido realizada por intermédio de transações bancárias. Dessa forma, não é verdadeira a informação do senhor Pereira da Costa de que a transação foi realizada em um único dia. As movimentações bancárias mostrando a entrada do empréstimo e a saída da sua quitação provam o contrário.

Cabe ainda ressaltar que, em 2008, João Vaccari não era secretário de Finanças do PT.

Dessa maneira, estranhamos que uma operação perfeitamente legal e que não tem a mínima proximidade com as investigações conduzidas atualmente pelo Polícia Federal seja colocada sob suspeita."

Assessoria de Imprensa do PT Nacional

Nenhum comentário:

Postar um comentário