Botao share

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Resposta a entrevista de Aécio ao jornalista Roberto D'Avila.


A entrevista do tucano Aécio Neves ao jornalista Roberto D'Avila na noite de ontem 30/11/2014, beira as raias do cinismo. Ele esqueceu que do 1° para o 2° turno, a candidata do PT conquistou +/- dez milhões de votos. Quem saiu no primeiro turno com os percentuais dele, da aliada marina e doutros, se prevalecesse a matemática, o tucano teria ganhado a eleição com pelo menos 57% dos votos. Não foi o que aconteceu.
mídia e o PSDB esconde a inversão da migração de votos para a Dilma entre o primeiro e o segundo turno. Quando ele fala que perdeu a eleição para uma organização criminosa, o PT deveria representa-lo na justiça para ele provar o que não tem prova.
Ele deixou de dizer ao jornalista de que a lei anticorrupção foi encaminhada ao congresso nos governos Dilma e Lula. No governo FHC, todas as denuncias de corrupção que envolvia o PSDB, foram engavetadas. Sem se falar que os órgãos de investigação, além de sucateados eram totalmente ceceados pelas suas "hierarquias".
Quando ele fala de que o PT cometeu maus feitos durante os doze anos, o governo Lula e Dilma deixa de dizer que o mensalão mineiro pegou de cheio o ex-presidente do PSDB e ex-senador Azeredo, o candidato dele a Governador Pimenta da Veiga, que esta sendo processado por lavagem de dinheiro e o ex-senador Clécio Andrade, que assim como Azeredo tiveram que renunciar o mandato para não ser investigado pelo STF.
A entrevista foi um festival de mentiras para mais uma vez tentar enganar o povo brasileiro.
Quem te conhece que te compre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário