Botao share

segunda-feira, 24 de março de 2014

Eleições 2014:  Uma oposição sem projeto e sem militância e o papel da mídia

No momento em que se iniciam as articulações para a disputa das eleições presidenciais de 2014 voltam ao cenário político os velhos e corriqueiros comportamentos que foram repetidos em todas as campanhas eleitorais passadas.

Temos no cenário político uma oposição sem projetos, sem militância e sem identidade política entre eles próprios. Não é por acaso que, com o auxílio dos grandes meios de comunicação que fazem o papel de um partido político, ela - a oposição - se ancora em notícias criadas única e exclusivamente para confundir a opinião pública e tentar prejudicar o projeto nacional do PT e o governo.

No momento, a Rede Globo de Televisão e os demais meios de comunicação da grande imprensa trabalham exclusivamente com dois temas, numa estratégia de causar efeitos sobre a imagem do PT e da presidenta Dilma.

O tema corriqueiro e insistente que vem sendo explorado há um bom tempo é o da inflação. Os telejornais da Rede Globo invertem dados positivos divulgados por órgãos oficiais, sejam relativos à projeção do crescimento da economia; em relação à questão do pleno emprego ou referentes ao crescimento dos salários e da renda dos brasileiros. Estes são alguns dos temas econômicos que serão batidos e rebatidos a partir de agora até a campanha, para ver se alguns deles colam, tendo como mote a inflação porque é um assunto de apelo popular .

Agora entra em cena a Petrobras. Uma estatal respeitada pelos brasileiros à custa de muita luta, quando num passado recente o governo de Fernando Henrique Cardoso por pouco não leva a empresa ao sucateamento total, além de tentar mudar o nome de Petrobras para Petrobrax, com a intenção de dar uma conotação internacional e na tentativa de privatiza-la a qualquer custo, como fizeram com o setor elétrico, ferrovias, Vale do Rio Doce e outras empresas que pertenciam ao patrimônio do povo brasileiro.

Em 2009, um ano antes das eleições presidenciais de 2010, levantaram acusações sobre as questões contábeis e financeiras da Petrobras. Tudo invencionice porque a própria empresa e o seu corpo de funcionários criaram um blog chamado "Fatos e Dados" para rebater as maldosas ofensivas da grande mídia contra a empresa.

Com certeza, a direção da Petrobras terá condições e dados concretos para enfrentar mais uma vez esta ofensiva que acontece exatamente no ano da campanha pela reeleição da presidenta Dilma. Sobretudo porque a presidenta tem a sua história de gestão ligada à área de energia e de petróleo.

Por essa e outras razões devemos, não só ficar alertas, mas partir para uma ofensiva sem trégua.

Tenho certeza de que o dia a dia dos brasileiros não está voltado para as mentiras e invencionices criadas pelos meios de comunicação e pela chamada "Oposição".

Nenhum comentário:

Postar um comentário