Botao share

terça-feira, 22 de outubro de 2013

Marina no Roda Viva: Mais perdida do que biruta de aeroporto.


No Programa Roda Viva,  a ex candidata a Presidência da República em 2010, Marina Silva mais uma vez, falou até pelos cotovelos, misturando alhos com bugalhos. Começou discorrendo sobre o terceiro plano  que foi a ida dela para o PSB do DUDU MALVADEZA, depois de desfazer a REDE. Disse que não foi na condição de  candidata mas se comporta e se apresenta nos meios de comunicação como pretensa presidenciável. Disse ainda que não discutiu candidatura com o DUDU MALVADEZA, e que defende um projeto programático e não pragmático. 
        Não adianta Marina querer fugir de  propalados temas  "polêmicos",  que para nós, são comuns, do cotidiano da política. Temas que fazem parte das suas concepções e trajetória, tais como:Aborto, LGBTs, religião entre outros.  Para quem fez uma longa carreira politico eleitoral no Partido dos Trabalhadores, (deputada estadual, senadora por 16 anos, ministra durante 7 anos...) a ex-candidata Marina Silva parece que de pragmatismo ela é escolada, tentado enganar os eleitores, com um discurso totalmente contraditório, para quem ostenta tamanha trajetória eleitoral. Se de fato for verdade que o seu objetivo não é ser presidente e sim discutir ideias e "lutar para que o Brasil seja melhor", ela não deveria ter se bandeado rumo ao conservadorismo. Na minha opinião ela deveria reconhecer o histórico de realizações e lutas do PT, dos governos Lula e Dilma  e do campo democrático e progressista que ela conviveu por mais de 25 anos. Quem mudou: o PT ou a Marina?

Nenhum comentário:

Postar um comentário