Botao share

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Candidatura de Marina pode provocar 2º turno


Se as eleições presidenciais fossem realizadas hoje, Dilma Rousseff (PT) poderia vencer no primeiro turno em qualquer um dos cenários pesquisados, aponta a pesquisa Vox Populi/CartaCapital. Quando o candidato do PSB é o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, a petista tem mais votos que a soma de seus adversários. Quando o nome pessebista é a ex-senadora Marina Silva, a vantagem de Dilma sobre os rivais fica dentro da margem de erro e, portanto, não é possível afirmar a vitória no primeiro turno.
Com Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB) na disputa, Dilma teria 43% das intenções de voto, contra 20% do tucano e 10% de Campos. Neste cenário, 18% dos eleitores votariam em nulo ou em branco e 10% se dizem indecisos.
No cenário com José Serra (PSDB) e Eduardo Campos (PSB), o quadro é semelhante. Dilma fica com 42%, Serra tem 21% e Eduardo Campos tem 12%. A quantidade de votos brancos e nulos soma 17% e a de indecisos, 8%.
Uma possível candidatura da ex-senadora Marina Silva (PSB) altera os cenários. Em vez do candidato tucano, quem vai para o segundo turno é a ex-senadora. Numa disputa com Dilma Rousseff e Aécio Neves, Marina tem 23%, contra 41% da petista e 17% do tucano. Os indecisos são 6% e os brancos/nulos, 13%.
No quarto cenário, Dilma tem 41% das intenções de voto, contra 21% de Marina Silva e 19% de José Serra. Os indecisos são 6% e os votos brancos/nulos, 13%.
A pesquisa Vox Populi/CartaCapital entrevistou 2,2 mil eleitores em 179 municípios entre 11 e 13 de outubro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para cima ou para baixo.





Nenhum comentário:

Postar um comentário