Botao share

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

DIALOGANDO COM OS FILIADOS PETISTAS



O relógio corre contra o tempo. 72 horas do início da votação para eleições de 2012, vai se confirmando em parte o conteúdo de dois artigos que postei, nos últimos dias, sobre alguns fatos que poderiam acontecer na reta final da campanha. O primeiro tinha o título “Um Alerta aos Petistas” e o segundo “Quem Viver, Verá”, nos quais chamava a atenção para sucessivas calunias e difamações acontecidas em eleições anteriores.
 
Continuo acompanhando a pauta da velha mídia televisa e escrita e insisto que a mesma tenta, por todos os meios, criar algum escândalo com o objetivo de tentar nos prejudicar nessas últimas 72 horas.
 
Nesse momento, me lembro da histórica frase do ex-presidente da FIESP, Mário Amato, que bradava em alto e bom som nas eleições de 1989 que se o Lula fosse o vencedor 800.000 empresários deixariam o país. Até hoje, procuro esses 800.000 empresários e não consigo encontrar nenhum que deixou o país.
 
Mas, há fatos recentes como torpedos apócrifos, por exemplo.  Eu mesmo recebi um desses torpedos com DDD 016 da região de Ribeirão Preto que trazia uma mensagem antipropaganda em relação à campanha do Haddad em São Paulo. Tal torpedo,

estou encaminhando ao departamento jurídico para as providências cabíveis,  já que me chegaram informações que várias outras pessoas também receberam torpedos idênticos. Contra nossos candidatos, existem ainda insinuações preconceituosas relativas a questões religiosas e outras de conteúdo puramente homofóbico.
 
Segundo matérias de jornais, há as recentes afirmações do Procurador Geral da República para quem seria ótimo se o julgamento da Ação Penal 470 influenciasse nas eleições deste ano, bem como as manifestações agressivas e politizadas como o relator dessa Ação profere seu voto no STF. Ação que a oposição e a mídia apelidaram de mensalão e eu chamo de tentativa de golpe político.
 
Portanto, não poderia deixar de lembrar e relembrar que toda cautela é pouca até domingo no final da votação, pois podem surgir vários tipos de sabotagem em relação ao PT e seus candidatos.

Nossos mais de um milhão de filiados somados ao fato de que o PT é o mais preferido pela população brasileira, fazem com que nosso partido no dia a dia e a cada eleição aprofunde seu enraizamento social, consolide e amplie sua presença no cenário político. Destaque-se que nossa militância apresenta ideias e defende seus candidatos olho no olho, voto a voto.

Nosso grande desafio para nos contrapor aos nossos inimigos é vencer as eleições de 2012 de ponta a ponta do país, da menor cidade às metrópoles onde estamos disputando com candidatura própria ou apoiando candidatos de partidos da base aliada de apoio ao governo da presidenta Dilma.

Para vencer esse desafio, precisamos nos manter atentos e mobilizados, até domingo, na contagem do último voto, bem como intensificar o trabalho de conquista do voto nas ruas, nas praças, nas igrejas, nos locais de trabalho, na família, entre os amigos.

ASSIM, PROCEDENDO TENHO CERTEZA QUE O NÚMERO MAIS VOTADO SERÁ 13.

 

 

 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário