Botao share

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Leiam e divulguem para não dizer que não falei de flores

Lula no palanque com FHC?
Por Gilberto Dimenstein

Diante da hipótese de que Celso Russomano teria boas chances de estar no segundo turno das eleições paulistanas, a questão central: haveria uma campanha pelo voto útil, em que PSDB e PT deixariam brigas de lado e se acertariam em torno de um projeto comum para a cidade de São Paulo?


Se imperar um mínimo de coerência, a resposta é, definitivamente, sim. Teríamos, então, FHC e Lula no mesmo palanque. Não significa, claro, participar do governo, mas apenas reduzir danos.
Será que um petista com um mínimo de seriedade acha que seria melhor para a cidade ser governada por Russomano do que por Serra? Ou um tucano admitiria que Haddad é pior do que o candidato do PRB?

O que distancia PT do PSDB é muito menos do que os distancia do PRB.
Tudo isso parece sensato. Mas, levando em conta a forma como a cidade é tratada, vista como um trampolim tanto por PT como PSDB, talvez a sensatez não tenha valor.
Pode me chamar de ingênuo, mas não vejo como Lula e FHC, que vivem duelando, não estarem juntos nesse palanque.


Folha de S.Paulo, 06/09/2012 - 07h18

Nenhum comentário:

Postar um comentário