Botao share

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Aviso à mídia: Serra não é problema nosso.

A chamada grande imprensa está preocupadíssima com os rumos do PT em São Paulo. Dois repórteres de política me ligaram ontem com a mesma questão: eles querem saber o acontecerá com o PT agora que José Serra supostamente ameaça sair candidato, colocando ponto final – segundo a avaliação dos jornais – à nossa possível aliança com PSD na disputa pela prefeitura. Demais líderes e dirigentes partidários tem sido alvo do mesmo tipo de abordagem nos últimos dias.
É claro que cada um responde com sua consciência, com sua capacidade de análise e de acordo com seus próprios interesses e posições – que às vezes, infelizmente, se sobrepõem ao interesse partidário e coletivo. De minha parte, defendo publicamente a aliança com o PSD (e também com PSB, PCdoB, PDT, PR, PRB e quantos mais quiserem somar forças para derrotar os tucanos em São Paulo), mas me recuso a aceitar filho alheio.
Quero dizer aqui o que disse aos repórteres ontem: a suposta entrada de Serra no jogo, nesse momento, não é um problema do PT.
Nós já temos candidato, um excelente candidato, diga-se de passagem, definido por consenso entre todas as forças políticas internas; temos militância; temos forte apoio social; e, sobretudo, temos um histórico de realizações, no governo federal e nas administrações locais (Erundina e Marta), para apresentar à população nas eleições desse ano.
Evidentemente, estando na política há mais de 30 anos, não posso me dar ao luxo de ser ingênuo. Sei da importância das alianças, tanto para as disputas eleitorais quanto para a formação dos governos. Isso só seria desnecessário se tivemos maioria absoluta na sociedade, o que não é o caso. A sociedade brasileira é extremamente complexa – e, se querem saber, acho bom que seja assim.
Sou da opinião de que devemos trabalhar ativamente, em São Paulo e em todo lugar, para construir um amplo leque de aliança com os partidos que formam a base do governo federal – assegurando sempre a presença de nosso projeto e de nossos compromissos históricos em qualquer acordo que se faça. Farei tudo que estiver ao meu alcance para evitar o isolamento do PT nas disputas municipais.
No mais, enganam-se os setores da mídia que imaginam que entraremos no conto do vigário. Repito: Serra é problema do PSDB (e não é um problema pequeno...). Quanto ao PT, com Serra ou sem Serra, com Kassab ou sem Kassab, temos todas as condições de vencer as eleições em São Paulo. Estamos bem posicionados para isso.
Francisco Rocha da Silva (Rochinha)

Nenhum comentário:

Postar um comentário