Botao share

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Parabéns ao presidente Lula e ao povo brasileiro

Faltando apenas 15 dias para encerrar um ciclo de oito anos no comando do país, o presidente Lula bate mais um recorde de popularidade e chega aos 87% de aprovação, segundo a pesquisa CNI/Ibope divulgada nesta quinta-feira (16).

Sem dúvida, uma marca extraordinária. Mas é preciso lembrar sempre – especialmente a certos setores da nossa mídia – que o sucesso de Lula não se deve apenas a seu carisma pessoal ou à sua facilidade de conversar com o povo.

Lula, com o PT à frente, fez o melhor governo da História do Brasil. E este é o principal motivo de ele obter índices tão altos de popularidade.

Trata-se de um governo considerado ótimo ou bom por 80% dos brasileiros, segundo a mesma pesquisa. Um governo cuja avaliação positiva supera a negativa em várias áreas centrais da vida nacional.

O levantamento do Ibope mostra que a maioria dos entrevistados aprova as políticas governamentais para as áreas de Educação, Meio Ambiente, combate à pobreza, combate ao desemprego, combate à inflação e segurança pública.

Isso não significa que não tenhamos de avançar nessas e em outras áreas.

Nosso principal gargalo está na Saúde. A pesquisa mostra que 54% dos entrevistados estão descontentes com a atuação do governo no setor. O que explica o fato de, em outro questionário, sobre quais deveriam ser as prioridades da presidente Dilma, a Saúde aparecer na frente com 66% das respostas.

Daí a importância de o novo governo aprovar urgentemente formas de financiamento que ampliem e qualifiquem o atendimento público prestado pelo SUS.

A melhoria do sistema de saúde está entre os grandes e imediatos desafios do Governo Dilma. Existem outros, igualmente importantes, em que avançamos pouco. Consolidado esse período histórico, chegou a hora de ousar mais.

A partir do fantástico legado deixado pelo presidente Lula, temos de construir o futuro e debater com coragem temas que possam ser espinhosos – do ponto de vista da reação dos setores conservadores. Só assim conseguiremos aprofundar as mudanças iniciadas até aqui e caminhar na direção da cidadania plena a todos os brasileiros e brasileiras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário